Melhores Livros de Romances Medievais

Se você é o tipo de pessoa que adora histórias de cavaleiros, castelos, reinos, revoluções e disputas de poder, precisa conhecer os melhores romances medievais.

Essas narrativas se passam entre cenários incríveis, castelos, florestas, possuem histórias de amor, disputas territoriais, por poder e pela pessoa amada.

Mesmo as histórias imaginárias são inspiradas em fatos históricos conhecidos, envolvendo membros da alta nobreza, guerreiros e plebeus.

Muitas vezes as narrativas envolvem elementos fantásticos, como dragões e outras criaturas que contribuem para deixar as histórias ainda mais interessantes e agitadas.

Se você está disposto a se aventurar e explorar essas histórias, continue lendo este artigo e conheça quais são os melhores livros de romances medievais.

Melhores Livros de Romances Medievais de 2021

A Guerra dos TronosA Guerra dos TronosPrimeiro livro de “As Crônicas de Gelo e Fogo” e um dos melhores romances medievais53% OFFR$ 37,90 na Amazon
A Princesa PrometidaA Princesa PrometidaUm romance medieval que retrata o amor verdadeiro42% OFFR$ 34,89 na Amazon
A Irmã de Ana BolenaA Irmã de Ana BolenaUm romance medieval cheio de intrigas, disputas e romance29% OFFR$ 63,92 na Amazon
As Brumas de Avalon: A Senhora da MagiaAs Brumas de AvalonUm romance que traz o conflito entre o cristianismo e a religião de Avalon35% OFFR$ 35,00 na Amazon
EragonEragonO primeiro volume de uma trilogia verdadeiramente mágica R$ 12,00 na Amazon
Mitologia NórdicaMitologia NórdicaUma das maiores referências em mitologia nórdica45% OFFR$ 27,29 na Amazon
O Nome do VentoO Nome do VentoNarrativa fantástica, cheia de criaturas incríveis e sentimentos avassaladores39% OFFR$ 42,90 na Amazon
Os Pilares da TerraOs Pilares da TerraNarrativa da disputa de poder pelo trono de Henrique I31% OFFR$ 78,87 na Amazon
Rei Arthur e os Cavaleiros da Távola RedondaRei Arthur e os Cavaleiros da Távola RedondaMelhor romance medieval de todos os tempos42% OFFR$ 47,80 na Amazon
Tristão e IsoldaTristão e IsoldaMelhor história de amor medieval baseada em uma lenda28% OFFR$ 20,75 na Amazon

1. A Guerra dos Tronos

Primeiro livro de “As Crônicas de Gelo e Fogo” e um dos melhores romances medievais

A Guerra dos Tronos : As Crônicas de Gelo e Fogo, volume 1

  • Autor: George R. R. Martin
  • Capa comum: 600 páginas
  • Editora: Suma; 1ª edição (25 março 2019)

A guerra dos tronos” é o livro número um da série “As Crônicas de Gelo e Fogo”, que inclusive inspirou o sucesso da HBO, “Game of Thrones”.

O inverno pode durar a vida inteira e agora, a guerra dos tronos começou. Após o rei Robert proclamar lorde Eddard, Guardião do Norte, a nova Mão do Rei, gera grandes descontentamentos.

No entanto, ele é obrigado a aceitar o cargo visando manter a sua honra, mas ele terá que deixar para trás o seu posto em Winterfell.

Mas agora ele está indo em direção a um local onde os homens só fazem o que é vantajoso para eles e não aquilo que deveriam fazer. E o inimigo precisar ser morto é uma vitória.

Eddard se vê então distante da sua casa e dos seus familiares e, envolvido com diversas intrigas de Porto Real, sem imaginar que o seu caminho está cheio de intrigas.

As florestas ao norte de Winterfell estão cheias de forças sobrenaturais dispersas pelas muralhas que fazem a proteção dessa região.

Nas cidades livres o jovem Rei Dragão agora quer se vingar e obter a herança familiar: nada menos que o Trono de Ferro de Westeros.

2. A Princesa Prometida

Um romance medieval que retrata o amor verdadeiro

A Princesa Prometida

  • Autor: William Goldman
  • Capa dura: 416 páginas
  • Editora: Intrínseca; 1ª edição (8 junho 2018)

Essa narrativa tem início quando a camponesa Buttercup se apaixona por Westley, um rapaz muito simples que trabalha na fazenda da sua família.

Os dois juntos então descobrem o verdadeiro sentido do amor, até que uma tragédia envolvendo um navio pirata abala a relação entre eles.

Com o passar do tempo, Buttercup passa a ser uma entre as mulheres mais belas que já se viu e, então, o sádico príncipe Humperdinck a pede em casamento.

Mas um grande não acaba de uma hora para a outra. Nem um príncipe poderoso poderá separar o casal de namorados.

Então o corajoso Westley vai fazer tudo o que estiver ao seu alcance para recuperar a sua amada que agora está prometida para outro homem.

Essa é uma narrativa envolvente e divertida que possui todos os elementos essenciais nos melhores romances medievais, desde piratas, disputas, traições, até momentos muito românticos.

Nessa edição, particularmente, o leitor tem acesso aos textos extras escritos pelo próprio autor e, que contribuem para a compreensão dos motivos que levaram essa obra ao sucesso.

3. A Irmã de Ana Bolena

Um romance medieval cheio de intrigas, disputas e romance

A irmã de Ana Bolena

  • Autora: Philippa Gregory
  • Capa comum: 628 páginas
  • Editora: Record; 11ª edição (22 junho 2006)

Essa narrativa traz a história de duas irmãs que competem pelo amor de um rei e, estão dispostas a chegar ao limite por isso.

Prepare-se para encontrar muitas rivalidades, intrigas e paixão nesse romance envolvente de autoria de Philippa Gregory.

Maria Bolena, chega à corte quando tem apenas 14 anos de idade, acompanhada da sua irmã mais nova Ana e do irmão George.

Na época em que a história se passa era comum que a nobreza ocupasse os arredores do palácio real. E ter uma mulher da família se relacionando com o soberano era uma maneira de ascender socialmente.

Maria chama a atenção de Henrique VIII, soberano da dinastia Tudor na Inglaterra entre 1509 e 1547, devido à sua beleza e doçura incomparáveis.

O rei da Inglaterra é lembrado como sendo conquistador e, não à toa, teve seis esposas ao longo da sua vida, sem contar as inúmeras amantes que habitavam a sua corte.

Diante disso, Maria se deixou levar pelo ar conquistador do monarca e, gostou de estar no papel não-oficial de rainha.

Assim ela vive uma grande aventura como amante de Henrique VIII, que lhe rendeu dois filhos, inclusive um homem.

Os seus irmãos estimulam muito esse relacionamento. Por isso toda a família Bolena se envolve com a dissolução do casamento do rei com Catarina de Aragão.

4. As Brumas de Avalon

Um romance que traz o conflito entre o cristianismo e a religião de Avalon

As Brumas de Avalon: A Senhora da Magia (Volume 1)

  • Autor: Marion Zimmer Bradley
  • Capa comum: 286 páginas
  • Editora: Imago Editora; 2ª edição (1 janeiro 2008)

Essa é uma narrativa envolvente, que traz a história de um dos maiores conflitos entre o cristianismo e a velha religião de Avalon.

Nessa obra você vai encontrar muita magia e a retomada de lendas antigas em uma Bretanha lendária, que ao mesmo tempo possui uma série de informações reais.

Muitas guerras aconteceram ante a invasão saxônica, a glória de Camelot, até se chegar nos fatos relacionados à morte do rei Artur e o fim de tudo o que estava associado a ele.

Igraine, Viviane, Guinevere e Morgana são os nomes daquelas que trazem a lenda de Artur por meio das suas vidas e dos seus sentimentos.

Prepare-se para mergulhar nessa leitura e ter em mãos uma verdadeira lenda e, uma das principais contribuições para a literatura do ciclo arturiano.

5. Eragon

O primeiro volume de uma trilogia verdadeiramente mágica

Eragon-Trilogia Da Herança I

  • Autor: Christopher Paolini
  • Capa comum: 466 páginas
  • Editora: Rocco; 1ª edição (1 janeiro 2005)

Eragon” é o primeiro livro da Trilogia da Herança e, traz uma narrativa agradável e realmente mágica.

Nessa obra o leitor encontra elementos dignos de romances medievais louváveis, que incluem elfos, dragões, cavaleiros, batalhas e, uma bela donzela.

O livro traz como elemento de destaque a linguagem dos elfos, colocada aqui em norueguês medieval, assim como diversas expressões específicas para os urgals e anões.

Isso traz ainda mais verossimilhança a essa obra incrível, que tem o reino lendário de Alagaësia como cenário principal.

Tudo começa quando um jovem de apenas quinze anos encontra um objeto azul em uma floresta. De início ele pensa que se trata de uma pedra qualquer, mas logo percebe que se trata, na verdade, de um ovo de dragão.

Assim, de repente ele se encontra em meio a uma grande disputa pelo poder do Império.

6. Mitologia Nórdica

Uma das maiores referências em mitologia nórdica

Mitologia Nórdica

  • Autor: Neil Gaiman
  • Capa dura: 288 páginas
  • Editora: Intrínseca; 1ª edição (13 março 2017)

Neil Gaiman usa a sua capacidade de comunicação para recontar histórias e mitos nórdicos que retratam os deuses.

A mitologia nórdica é uma das principais temáticas desse autor e é justamente disso que os seus leitores e fãs mais gostam.

Mitologia nórdica é a obra perfeita para aqueles que desejam conhecer mais sobre esse universo e, para quem ama histórias sombrias e intensas.

Mas mais do que isso, esse livro é tido como uma das principais referências e, registro pouco conhecido a respeito dos mitos escandinavos.

Esse é apenas um dos livros de romances medievais já escritos por Neil Gaiman. Ele já ultrapassou os 100 mil exemplares vendidos em obras da mesma editora.

7. O Nome do Vento

Narrativa fantástica, cheia de criaturas incríveis e sentimentos avassaladores

O nome do vento (A Crônica do Matador do Rei – Livro 1)

  • Autor: Patrick Rothfuss
  • Capa comum: 656 páginas
  • Editora: Editora Arqueiro; 1ª edição (23 julho 2009)

Nessa obra de Patrick Rothfuss heróis e vilões se confundem e não é possível discernir adequadamente quem é quem.

Kote é um homem misterioso que se identifica como sendo proprietário de uma hospedaria, a Marco do Percurso.

Mas ele tem uma história enigmática, que inclui uma infância em meio a um grupo de artistas itinerantes, vários anos vivendo em uma cidade estranha e a vontade de chegar até uma escola de magia.

Mas além de tudo, ele tem o desejo de descobrir informações que o levem até o grupo Chandriano, demônios que mataram a sua família.

Mas quando as criaturas malignas chegam até a cidade, as suspeitas recaem sobre o próprio Kote.

E um cronista se mostra disposto a descobrir a verdade. Então, pouco a pouco a identidade de Kote vai sendo revelada, assim como as suas múltiplas personalidades. Será ele o vilão dessa narrativa?

Ao mergulhar nessa obra, o leitor é levado a um mundo cheio de fantasias, mitos, criaturas fantásticas e sentimentos dualísticos.

A narrativa e os personagens cativantes é o que fez dessa obra tão querida. Isso levou o autor ao topo da lista do “The New York Times”.

8. Os Pilares da Terra

Narrativa da disputa de poder pelo trono de Henrique I

Os pilares da terra: Volume único

  • Autor: Ken Follett
  • Capa dura: 944 páginas
  • Editora: Rocco; 1ª edição (4 agosto 2012)

Esse é um dos melhores romances medievais já escritos, em que o leitor encontra como cenário uma Inglaterra de disputas.

Agora a principal luta é pela escolha do sucessor de Henrique I, visto que ele não tinha descendentes diretos.

Agora o mundo está tomado por conspirações e jogos de poder importantes, em que a violência impera.

Prepare-se para analisar esse cenário de diferentes pontos de vista, seja em castelos, igrejas, florestas ou feiras das cidades.

Philip, prior de Kingsbridge, está disposto a fazer qualquer coisa para conseguir construir um templo grandioso a Deus. Mas a narrativa é composta de muitos personagens que giram em torno disso.

9. Rei Arthur e os Cavaleiros da Távola Redonda

Melhor romance medieval de todos os tempos

Rei Arthur e os cavaleiros da Távola Redonda: edição comentada e ilustrada

  • Autor: Howard Pyle
  • Capa dura: 328 páginas
  • Editora: Zahar; Edição comentada e ilustrada (23 maio 2013)

Howard Pyle é escritor e ilustrador e, consegue fazer com que a sua obra transborde informações e figuras que se entrelaçam perfeitamente.

Essa obra fala sobre a incrível saga do Rei Arthur, desde o momento em que ele se dá conta da sua importância ao remover a espada cravada em uma bigorna.

No livro o leitor encontra os detalhes das batalhas do Rei Arthur com o Cavaleiro Negro e com o Duque da Nortúmbria, ao mesmo tempo em que ele luta para manter a espada Excalibur em suas mãos.

É possível também embarcar na sua história de amor por Lady Guinevere e saber mais sobre como foi a origem da Távola Redonda.

Nessa edição constam as 41 imagens e o texto completo do livro escrito por Pyle sobre a saga de Arthur, rei da Bretanha.

E um ponto importante é que a escrita e a forma como o livro é diagramado remete aos textos medievais. E há ainda resumos históricos que são destacados ao longo do texto.

10. Tristão e Isolda

Melhor história de amor medieval baseada em uma lenda

Tristão e Isolda: 246

  • Autor: Fernandel Abrantes
  • Capa comum: 134 páginas
  • Editora: Martin Claret; 5ª edição (11 setembro 2015)

Tristão e Isolda é uma belíssima história de amor, envolvendo o cavaleiro Tristão, vindo de Cornualha, e a princesa Isolda, da Irlanda.

A narrativa se baseia em uma lenda celta e, o amor impossível entre os dois personagens vem inspirando escritores, pintores, poetas e músicos desde a Idade Média até os dias atuais.

Recentemente a história teve adaptações cinematográficas e, inspirou também uma das mais famosas óperas de Wagner.

Conclusão

Os romances medievais são obras inspiradas em um período histórico em que existiam muitos reis, cavaleiros e as disputas pelo poder faziam parte do cotidiano.

Mas além dessas questões, muitas dessas narrativas possuem outros elementos, que incluem criaturas fantásticas, como dragões e elfos, além de belas histórias de amor.

Por isso, explorar essas obras é embarcar em grandes aventuras. Então, agora que você já sabe quais são os melhores livros de romance medieval, é só escolher por qual deles começar e caso seja fã dos livros mais clássicos, confira a nossa outra seleção dos melhores livros de romance.

Sobre o Autor: Fernanda Campos de Medeiros

Bióloga mestre em biotecnologia e apaixonada pelas ciências médicas. Apesar da formação também ama ler e escrever sobre temas variados e por isso trabalha há mais de dois anos como redatora.

Deixe um comentário