Melhores Livros de Jane Austen

Muitas pessoas buscam os melhores livros de Jane Austen porque essa é uma autora que possui obras diversas e muito agradáveis.

Nas suas narrativas o leitor encontra ironias, diversão e, também muitas críticas relacionadas à gênero e classe. Mesmo que muitas vezes essas críticas estejam um pouco menos evidentes, elas se fazem presentes.

Tamanha fama, fez colocou as obras literárias de Jane Austen entre os mais vendidos do mundo e, alguns foram adaptados para a televisão e o cinema.

De todos os livros de Jane Austen, “Orgulho e Preconceito” e “Razão e Sensibilidade” são, sem dúvidas, os mais conhecidos.

Mesmo que os dois títulos citados sejam os mais conhecidos, lidos e vendidos, você não deve se limitar a eles porque existem muitos outros que valem a pena quando se trata dessa autora.

Então, veja a seguir quais são os melhores livros de Jane Austen e, analise quais são os que mais te agradam e estão de acordo com a sua personalidade:

Melhores Livros de Jane Austen de 2021

Orgulho e PreconceitoOrgulho e PreconceitoMelhor livro de Jane Austen53% OFFR$ 32,90 na Amazon
Amor e Amizade e Outras HistóriasAmor e Amizade e Outras HistóriasDois contos e uma novela reunidos em uma obra que vale a pena ler35% OFFR$ 15,63 na Amazon
A Abadia de NorthangerA Abadia de NorthangerUma história que reúne humor e mistério46% OFFR$ 37,90 na Amazon
Jack & AliceJack & AliceUma novela curta que mostra um pouco da genialidade da autora16% OFFR$ 25,87 na Amazon
Lady SusanLady SusanUma história de manipulação e interesses45% OFFR$ 22,99 na Amazon
EmmaEmmaLivro divertido, com uma história interessante46% OFFR$ 37,90 na Amazon
Mansfield ParkMansfield ParkMelhor livro sarcástico de Jane Austen43% OFFR$ 39,90 na Amazon
Razão e sensibilidadeRazão e SensibilidadeUma história envolvente sobre duas irmãs em busca de um final feliz44% OFFR$ 38,90 na Amazon
Novelas InacabadasNovelas InacabadasMelhor livro de novelas inéditas13% OFFR$ 47,92 na Amazon
PersuasãoPersuasãoÚltima obra escrita por Jane Austen43% OFFR$ 39,90 na Amazon

1. Orgulho e Preconceito

Melhor livro de Jane Austen

Orgulho e preconceito

  • Capa dura: 424 páginas
  • Editora: Martin Claret; 1ª edição (12 abril 2018)

Iniciamos a nossa lista dos melhores livros de Jane Austen com “Orgulho e Preconceito”, que é sem dúvidas o livro mais famoso e, por isso, o mais vendido, da autora.

Isso se deve principalmente aos personagens marcantes e à história que prende os leitores do início ao final.

Basicamente a história gira em torno de Elizabeth Bennet, que aparece como personagem principal dessa história. O Sr. Darcy é um homem aristocrático que é colocado como pretendente de Elizabeth.

Com o desenrolar da narrativa o leitor se depara com uma série de questões inerentes à sociedade e, que conseguem ser muito atuais mesmo depois de tantos anos. Como o título sugere, é possível notar aqui como o orgulho se opõe ao preconceito.

Mas além disso o livro trata também de ascendência social e desprezo, enganos e julgamentos antecipados, entre outras questões. Diante disso o sofrimento dos personagens fica evidenciado.

Apesar dos problemas reais, Jane consegue colocar esses temas considerados complicados de uma forma leve, misturando um pouco de comédia.

Além disso, a forma como ela observa e descreve as pessoas e suas atitudes é considerada magistral.

2. Amor e Amizade e Outras Histórias

Dois contos e uma novela reunidos em uma obra que vale a pena ler

Amor e amizade & outras histórias: 1231

  • Capa comum: 144 páginas
  • Editora: L± Edição de bolso (6 fevereiro 2017)

“Amor e Amizade & Outras Histórias” é um livro que na verdade reúne dois contos e uma novela criados por Jane Austen quando jovem.

Todos os textos dessa obra são narrativas epistolares, ou seja, que foram escritas em formato de cartas. Essa é uma forma peculiar e diferenciada de se ler obras de literatura.

Esse livro foi escrito no ano de 1790 e retrata a troca de cartas entre Laura, uma mulher madura, que escreve para Marianne, uma jovem filha de uma amiga.

Essa novela é a parte mais aclamada dessa obra. Os contos que também fazem parte do livro são: “As Três Irmãs” e “Uma Coleção de Cartas”, ambos escritos entre os anos de 1791 e 1792.

3. A Abadia de Northanger

Uma história que reúne humor e mistério

A Abadia de Northanger

  • Capa dura: 263 páginas
  • Editora: Martin Claret; 1ª edição (23 julho 2018)

“A Abadia de Northanger” é um livro de Jane Austen que tem como maior característica a leveza e a forma como as situações são criadas. Assim o leitor pode ter alguns momentos de diversão.

Esse foi o primeiro romance escrito pela autora e, que foi publicado somente em 1818, depois da sua morte.

 A narrativa traz Catherine Morland como personagem principal. Ela é apenas uma moça que gosta muito de ler histórias de suspense e terror.

Quando ela viaja para a Abadia de Northanger, começa a inventar histórias a respeito dos habitantes do local.

Mas então ela se surpreende ao descobrir que pode ter acontecido um crime de verdade no local.

A história é realmente muito interessante e consegue prender o leitor. Tamanho foi o sucesso da obra ao longo do tempo, que ela ganhou uma adaptação cinematográfica que foi lançada no ano de 2007.

Particularmente essa edição é muito charmosa, tem bom acabamento e uma ilustração muito bonita na capa.

Dica: Confira também os melhores livros de Agatha Christie!

4. Jack & Alice

Uma novela curta que mostra um pouco da genialidade da autora

Jack & Alice

  • Capa comum: 76 páginas
  • Editora: Martins Fontes – selo Martins; 1ª edição (5 agosto 2014)

Jack & Alice é uma bela história escrita por Jane quando ela ainda era muito jovem e tinha apenas 15 anos.

Por ter apenas 76 páginas, esse pode ser um bom ponto de partida para aqueles que desejam conhecer melhor essa autora habilidosa.

Foi justamente isso que aconteceu em 1790. A autora mostrou ao mundo o que viria pela frente em relação às suas obras.

A história apresentada acontece em Pammydiddle, local onde ocorreu um baile de máscaras organizado por um cavaleiro e que deixou as pessoas bastante agitadas.

Mas a personagem principal aqui é Alice Williams, que pensa que conseguiu encontrar o amor da sua vida naquela ocasião. Mas pouco a pouco a identidade de cada um dos convidados do baile vai se revelando.

5. Lady Susan

Uma história de manipulação e interesses

LADY SUSAN - EDIÇÃO BILINGUE - LUXO

  • Capa dura: 152 páginas
  • Editora: Landmark; 1ª edição (1 junho 2014)

Lady Susan é mais uma entre as histórias que Jane Austen escreveu durante a sua juventude.

Essa é mais uma entre as narrativas epistolares da autora. Sendo assim, aqui o leitor terá contato com uma narrativa em formato de cartas.

Apesar de ser mais uma história entre tantas outras dessa autora, a personagem principal aqui é Lady Susan Vernon, que tem a personalidade bastante diversa em relação às outras personagens da mesma escritora.

Nessa narrativa, a personagem principal é uma viúva de 30 anos, que busca por um pretendente tanto para si mesma quanto para a sua filha.

Para conseguir alcançar os seus objetivos ela utiliza estratégias de manipulação e charme.

A história realmente vale a pena e, no caso dessa edição especificamente, ela é bilíngue, ou seja, você pode ler em português e inglês simultaneamente.

“Amor e amizade” é o nome da adaptação cinematográfica dessa obra, que conquistou a televisão depois de ganhar muitos leitores.

6. Emma

Livro divertido, com uma história interessante

Emma

  • Capa dura: 536 páginas
  • Editora: Martin Claret; 1ª edição (6 agosto 2018)

Se você está em busca de um livro realmente divertido e que tenha uma história de qualidade, Emma é uma excelente opção.

Desde a sua publicação o sucesso da obra foi tamanho que ela já ganhou duas adaptações, sendo uma em 1996 e outra em 2020.

Emma, protagonista dessa história divertida, é uma moça que está sempre agindo para fazer com que casais fiquem juntos. Ela se tornou uma espécie de cupido.

No entanto, ela própria não busca a sua metade. Na verdade, está mais preocupada com si mesma.

Assim ela sempre manipula as pessoas ao seu redor, visando unir pessoas de modo que seja interessante para ela mesma. Mas então, de repente ela mesma se vê apaixonada.

Além de ser uma bela história, essa edição Martin Claret conta com belíssimo acabamento, capa dura e uma bela ilustração. São diferenciais ainda as letras grandes e a fita marca páginas.

7. Mansfield Park

Melhor livro sarcástico de Jane Austen

Mansfield Park

  • Capa dura: 520 páginas
  • Editora: Martin Claret; 1ª edição (6 agosto 2018)

Mansfield Park é mais um entre os melhores livros de Jane Austen que ganhou uma adaptação para as telas. Isso ocorreu duas vezes, uma em 1999 e outra em 2007.

O romance mostra a história de Fanny, que quando criança foi mandada para a casa dos seus tios, que moravam em Mansfield Park.

No local ela mora junto com o seu primo Edmund, com quem tem uma convivência tranquila. Mas então chegam os irmãos Mary e Henry Crawford na vizinhança.

Enquanto Edmund se apaixona por Mary, Henry tenta conquistar todas as moças do local. Isso abala o clima de calmaria.

Esse romance é especial porque traz marcas de uma Jane muito mais madura, em que ela está mais contida.

Nesse livro o leitor tem a clara impressão de que Jane tem uma ideia clara de todo o tipo de sofrimento que as pessoas podem ter diante da convivência em sociedade.

No caso da sua personagem Fanny, a imobilidade, solidez e resignação são marcas muito fortes.

Isso faz com que esse seja o livro mais sarcástico de Jane Austen. E nessa edição especificamente o leitor tem acesso a análises de estudiosos sobre o assunto e notas importantes sobre o contexto histórico, a autora e o romance em si.

8. Razão e Sensibilidade

Uma história envolvente sobre duas irmãs em busca de um final feliz

Razão e sensibilidade

  • Capa dura: 400 páginas
  • Editora: Martin Claret; 1ª edição (13 junho 2018)

“Razão e Sensibilidade” é um dos melhores livros de Jane Austen, uma obra que realmente vale a pena ler.

Nele as personagens principais são as irmãs Elinor e Marianne, que são bastante diversas entre si, mas que apresentam objetivos semelhantes.

Ambas se decepcionaram com algumas questões como perdas, amor e esperança, por exemplo. De fato isso dá aos leitores uma ótima ideia sobre a vida das mulheres naquela época.

Como era comum nos séculos XVIII e XIX, a sociedade era rígida, machista e as mulheres sofriam muito para conquistar o seu espaço.

As duas irmãs, que não tinham nem posses e nem influências, tinham que se virar para sobreviver em um mundo em que o capital é muito mais importante do que qualquer outra coisa.

Elinor era uma moça sensível e sensata, enquanto que Marianne é romântica e impetuosa. Mas elas têm uma coisa em comum: ambas estão fadadas à infelicidade, mas buscam a felicidade.

Nessa busca constante por um final feliz, ambas aprendem muito sobre a vida e constantemente se veem mostrando os seus sentimentos e a razão.

9. Novelas Inacabadas

Melhor livro de novelas inéditas

Novelas Inacabada

  • Capa dura: 176 páginas
  • Editora: Nova Fronteira; 1ª edição (8 abril 2013)

É muito comum que os autores tenham obras inacabadas e, o mesmo acontece com Jane Austen.

Nesse livro o leitor encontra duas novelas inacabadas da autora, que são trazidas à tona pelas mãos de Ivo Barroso, o maior estudioso e intérprete de Jane Austen no Brasil.

Esses dois textos não foram finalizados pela autora. Apesar disso, “Os Watsons” foi publicado em 1804, mesmo tendo apenas dois capítulos.

Nessa história o enredo é um baile e a personagem principal está prestes a ser inserida na sociedade e viver os dramas inerentes a isso.

O segundo, é “Sanditon”, que foi publicado em 1817, também incompleto. Essa obra é composta por 11 capítulos, tem muitos personagens e se passa em um balneário que leva o mesmo título.

Ambas são aclamadas pela crítica e realmente são muito boas, mas o leitor tem que estar ciente de que o importante aqui é a riqueza da obra de Jane e não o final da história.

10. Persuasão

Última obra escrita por Jane Austen

Persuasão

  • Capa dura: 288 páginas
  • Editora: Martin Claret; 1ª edição (23 julho 2018)

Finalizamos a nossa lista de livros de Jane Austen com “Persuasão”, que foi a última obra escrita pela autora e, que foi realmente concluída por ela. Aqui a autora traz Anne Elliot como personagem principal e heroína.

De acordo com os estudiosos, ela é considerada uma das mais tranquilas e reservadas personagens de Austen. Mas ao mesmo tempo é a que melhor se adapta a transformações.

A narrativa acontece em uma época turbulenta, em que ocorreram as guerras napoleônicas. Mas mesmo diante dos fatos, Jane mostra que é possível existir amor diante das adversidades.

Aqui a autora mostra como uma mulher pode permanecer ligada ao seu passado, mas ao mesmo tempo querer viver um futuro feliz. Mas para isso é preciso superar o machismo da sociedade e as restrições impostas às mulheres.

Conheça Mais Obras de Jane Austen

Abaixo você pode conferir mais uma seleção de livros dessa autora incrível que podem te agradar, confira e não deixe de comentar abaixo o que achou deles também.

Conclusão

Os melhores livros de Jane Austen são histórias maravilhosas, envolventes e que trazem temáticas muito importantes e atuais, mesmo depois de quase três séculos.

Então agora escolha os seus favoritos e desfrute dessas obras da literatura.

Sobre o Autor: Fernanda Campos de Medeiros

Bióloga mestre em biotecnologia e apaixonada pelas ciências médicas. Apesar da formação também ama ler e escrever sobre temas variados e por isso trabalha há mais de dois anos como redatora.

Deixe um comentário