Melhores Livros de Crônicas

Os melhores livros de crônicas muitas vezes ficam esquecidos para algumas pessoas, mas eles podem ser ótimos para passar o tempo e ainda ter contato com informações variadas.

Melhores Livros de Crônicas 2021

Todas as crônicasTodas as crônicasDescubra textos inéditos que revelam outro lado de Clarice48% OFFR$ 54,90 na Amazon
Crônicas 1Crônicas 1Melhor livro de crônicas variadas41% OFFR$ 34,99 na Amazon
Crônicas para ler em qualquer lugarCrônicas para ler em qualquer lugarDescubra uma leitura leve e agradável40% OFFR$ 29,99 na Amazon
Crônicas de PetersburgoCrônicas de PetersburgoUm dos melhores livros de Fiódor Dostoiévski29% OFFR$ 29,82 na Amazon
Melhores Crônicas Rubem BragaMelhores Crônicas Rubem BragaDescubra crônicas de altíssimo nível30% OFFR$ 31,50 na Amazon
As melhores crônicas de Fernando SabinoAs melhores crônicas de Fernando SabinoCrônicas inspiradas no cotidiano e tratadas com características ficcionais46% OFFR$ 18,90 na Amazon
Melhores Crônicas Machado de AssisMelhores Crônicas Machado de AssisRetratos e críticas da sociedade imperial e dos primeiros anos da República30% OFFR$ 34,08 na Amazon
200 crônicas escolhidas200 crônicas escolhidasO melhor livro de crônicas com retratos do cotidiano43% OFFR$ 33,92 na Amazon
Melhores crônicas Marques RebeloMelhores crônicas Marques RebeloExplore as melhores crônicas sobre a vida carioca no século passado8% OFFR$ 45,08 na Amazon
As melhores crônicas de Cecília MeirelesAs melhores crônicas de Cecilia MeirelesConheça essa excelente poeta na sua versão como cronista39% OFFR$ 30,11 na Amazon

Os livros, de maneira geral, são portas abertas para o nosso interior. Com eles pode-se imaginar o que quiser e viver histórias incríveis, sejam reais ou totalmente improváveis.

No entanto, muitas pessoas não gostam de ler obras longas, preferindo livros mais curtos e simples. Por isso, as crônicas podem ser uma ótima escolha nesses casos.

O que é um livro com crônicas?

Basicamente, a crônica é um estilo literário que fica como intermediária entre a literatura e o jornalismo, de modo que o cronista é o observador que relata acontecimentos reais de uma maneira incrível.

Geralmente o cronista demonstra uma visão totalmente pessoal sobre determinado assunto e, até dialoga com o seu próprio leitor.

Assim, o cronista passa ao leitor a sua própria visão de mundo, mostrando como ele próprio compreende determinados fatos e acontecimentos mundanos.

Tudo isso geralmente é apresentado utilizando-se uma linguagem simples e de certa forma espontânea, que possui características tanto da língua oral quanto da linguagem da literatura.

Veja também: Conheça os melhores livros de contos!

Quais são os melhores livros de crônicas?

O cronista usa os seus leitores para disseminar as suas próprias ideias sobre o mundo. Por esse motivo, os livros de crônicas são realmente ótimos para se informar ou também relaxar.

Então, veja a seguir quais são os melhores livros do gênero:

1. Todas as Crônicas

Descubra textos inéditos que revelam outro lado de Clarice

Todas as crônicas

  • Autora: Clarice Lispector
  • Capa dura: 704 páginas
  • Editora: Rocco; 1ª edição (1 agosto 2018)

Iniciamos a nossa lista de livros de crônicas com uma obra de Clarice Lispector, uma das escritoras mais famosas do século XX no Brasil, que se dedicou a vários tipos de escritas.

Mas essa é a primeira vez que uma obra reúne todas as crônicas da autora. Por isso, somente nessa obra o leitor tem acesso a mais do que uma centena de textos inéditos.

Clarice Lispector como cronista consegue reunir de maneira fantástica uma série de temas importantes, que falam um pouco sobre a humanidade, mas também muito sobre ela própria.

Durante alguns anos de sua vida esses textos curtos predominaram e, ela passou a falar muito sobre o relacionamento entre mãe e filho, a busca do eu, a não aceitação da resignação e, conseguiu transformar fatos comuns do cotidiano em metafísica.

Esse é um livro daqueles que valem a leitura. Descubra aqui várias crônicas inéditas e tenha contato com assuntos que muitas vezes não são tão corriqueiros na literatura.

2. Crônicas 1

Melhor livro de crônicas variadas

Crônicas 1

  • Autores: Carlos Drummond de Andrade, Fernando Sabino, Paulo Mendes Campos, Rubem Braga
  • Capa comum: 104 páginas
  • Editora: Ática; 28ª edição (1 janeiro 2000)

Esse é um dos melhores livros de crônicas já publicados, onde o leitor se depara com uma leitura leve, de certa forma simples, mas sem perder a qualidade.

Ao longo dessas páginas não faltam motivos para sorrir. Essas são histórias que trazem um olhar crítico sobre o mundo, mas com vários toques de humor.

As crônicas encontradas aqui foram escritas por alguns dos melhores autores de textos desses gêneros e, proporcionam ao leitor momentos de relaxamento.

Embarque nessa leitura leve, divertida e, que ao mesmo tempo faz algumas críticas ao mundo e ao rumo que a humanidade está tomando nos últimos anos.

3.  Crônicas para Ler em Qualquer Lugar

Descubra uma leitura leve e agradável

Crônicas para ler em qualquer lugar

  • Autores: Gregório Duvivier, Maria Ribeiro, Xico Sá
  • Capa comum: 112 páginas
  • Editora: Todavia; 1ª edição (5 setembro 2019)

Esse é mais um entre os melhores livros de crônicas, onde foram reunidas algumas dezenas delas.

A maioria um dia já foi publicada em algum jornal, mas há doze delas que são totalmente inéditas e escritas especialmente para compor a obra.

Aqui você encontra reunidas histórias de três excelentes cronistas e tem acesso a visões de mundo diferentes.

Você verá Maria Ribeiro escrevendo para Caetano Veloso e sentindo as dores de uma separação.

Enquanto isso, Gregório Duvivier mostra todo o sentimentalismo despertado pela paternidade e traz críticas à digitalização do mundo.

Por fim, Xico Sá reflete sobre a tristeza de ser demitido e ao mesmo tempo fica feliz com a chegada da sua filha.

Prepare-se para encontrar textos com nuances diferentes, todos com toques totalmente pessoais. Maria se mostra contemplativa, enquanto Gregório é irônico e a escrita de Xico é marcada pelo lirismo.

Ao explorar essa obra o leitor despertará vários sentimentos, como a alegria, a tristeza, o sarcasmo, o amor e também a dor.

Tenha em mente que esse é um livro que em alguns momentos terá um tom político bastante crítico. Mas ao mesmo tempo ele também fala sobre a vida e até mesmo sobre a morte.

4. Crônicas de Petersburgo

Um dos melhores livros de Fiódor Dostoiévski

Crônicas de Petersburgo

  • Autor: Fiódor Dostoiévski
  • Capa comum: 96 páginas
  • Editora: Editora 34; 1ª edição (1 maio 2021)

Esse é um dos melhores livros de crônica, assim como é também uma das melhores obras de Fiódor Dostoiévski.

Por isso ele merece um lugar nessa lista. Esse é um texto escrito pelo autor ainda durante a sua juventude, com o intuito de anunciar a revista de humor “O Trocista”, que mais tarde foi censurada.

Várias publicações foram também para o jornal Notícias de São Petersburgo, no ano de 1847.

Já aqui é possível perceber alguns dos traços inconfundíveis do autor, como as análises psicológicas, a dicção rápida e a mistura de vários registros.

Você pode interpretar esse livro tanto pelo significado que ele teve na época, quanto apenas desfrutar dos relatos sobre a cidade natal do autor.

Aqui, Petersburgo é não apenas um elemento na narrativa, mas a própria protagonista. E o autor consegue descrever perfeitamente o local e os seus habitantes quando o verão vai se aproximando.

Deixe-se levar por essa leitura e descubra relatos impressionantes de uma cidade agitada, cheia de ação e vida.

5. Melhores Crônicas Rubem Braga

Descubra crônicas de altíssimo nível

Melhores Crônicas Rubem Braga: Seleção e Prefácio: Carlos Ribeiro

  • Autor: Rubem Braga
  • Capa comum: 320 páginas
  • Editora: Global Editora; 1ª edição (1 janeiro 2013)

Esse é um dos melhores livros de crônicas do Brasil, onde o leitor encontra uma série de crônicas de Rubem Braga.

Ao longo dessas páginas é possível descobrir um período considerado de transição para o autor, onde ele coloca todo o seu amor pela natureza e pelos seres viventes nela.

Simultaneamente, ele demonstra claramente que não se conforma com as injustiças sociais que existem em todo o mundo.

Tudo isso, sem deixar de falar sobre a sua própria história e relembrar eventos do seu passado, sobretudo da infância e juventude.

6. As Melhores crônicas de Fernando Sabino

Crônicas inspiradas no cotidiano e tratadas com características ficcionais

As melhores crônicas de Fernando Sabino (edição de bolso)

  • Autor: Fernando Sabino
  • Capa comum: 196 páginas
  • Editora: Best Seller; Edição de bolso (3 dezembro 2008)

Fernando Sabino é um cronista muito reconhecido no Brasil pelas suas publicações em jornais e revistas.

Nessa edição de bolso estão publicadas as suas cinquenta melhores crônicas, selecionadas cuidadosamente pelo próprio autor.

Cada uma delas é um relato detalhado sobre acontecimentos do dia a dia, mas que ganham um toque especial de ficção.

O autor traz tudo isso para mais perto do leitor ao usar uma linguagem simples e clara, mas sem perder a qualidade e a técnica literária.

Nesse livro o leitor se depara com diversos episódios, incidentes, pensamentos e vários problemas comuns.

Alguns são apenas observações do mundo, enquanto outros fizeram parte da própria vida do autor. Vários ganham tratamento ficcional.

Prepare-se para ter contato com uma narrativa envolvente, onde a sensibilidade, o humor, a ironia e até mesmo a sátira se fazem presentes. Mas tudo isso com muito respeito e simpatia pela humanidade.

7. Melhores Crônicas Machado de Assis

Retratos e críticas da sociedade imperial e dos primeiros anos da República

Melhores Crônicas Machado de Assis: Seleção e Prefácio: Salete De Almeida Cara

  • Autor: Machado de Assis
  • Capa comum: 414 páginas
  • Editora: Global Editora; 2ª edição (1 janeiro 2003)

Machado de Assis é uma das joias da literatura nacional e, as suas crônicas ainda hoje se destacam e possuem uma enorme relevância.

O autor possuía um estilo único de escrita, apresentando inúmeras críticas por meio do sarcasmo. Muitas vezes ele parece engraçado, enquanto em outras parece bastante cruel.

Fato é que ele apresenta um estilo próprio, inconfundível, de expor os fatos do quotidiano da sua época.

Nesse conjunto de crônicas o leitor entra em contato com acontecimentos importantes e, também com fatos que parecem insignificantes, mas que ajudam a compor o retrato da sociedade nos últimos anos do Império e primeiros da República.

8. 200 Crônicas Escolhidas

O melhor livro de crônicas com retratos do cotidiano

200 crônicas escolhidas: (Capa nova)

  • Autor: Rubem Braga
  • Capa comum: 490 páginas
  • Editora: Record; 1ª edição (5 fevereiro 2018)

Rubem Braga até hoje é o único escritor a brasileiro a ser considerado exclusivamente cronista. Ele passou toda a sua carreira se dedicando apenas a esse tipo de texto, escrevendo com frequência para jornais e revistas.

Nos seus textos o leitor vai encontrar principalmente temas do cotidiano, que fazem parte da vida de qualquer pessoa.

Mas ele fala também muito sobre si mesmo, mostrando aos seus leitores muito da sua infância, juventude, os primeiros amores e muito mais.

Nas páginas dessa obra o leitor vai encontrar as melhores crônicas desse autor, que são consideradas uma joia da literatura brasileira.

Prepare-se para se surpreender com opiniões e relatos sobre a vida simples, como ela costuma ser para a maioria das pessoas.

9. Melhores Crônicas Marques Rebelo

Explore as melhores crônicas sobre a vida carioca no século passado

Melhores crônicas Marques Rebelo: Seleção e Prefácio: renato Cordeiro Gomes

  • Autor: Marques Rebelo
  • Capa comum: 288 páginas
  • Editora: Global Editora; 1ª edição (1 janeiro 2004)

Marques Rebelo foi um dos maiores cronistas do país, tendo escrito principalmente sobre a vida carioca no século XX.

Nelas o autor coloca todas as alegrias, mas também as decepções de observar o comportamento humano em uma das maiores cidades do Brasil.

Prepare-se para embarcar em uma leitura carregada de informações, onde o espírito da cidade, rebeldias, malandragens, sonhos e decepções ganham espaço.

Muitas vezes o autor vai expor as suas ideias e opiniões de maneira irreverente e sarcástica. Mas em outros momentos o leitor vai encontrar leveza e ternura nessa leitura.

10. As Melhores Crônicas de Cecília Meireles

Conheça essa excelente poeta na sua versão como cronista

As melhores crônicas de Cecilia Meireles: seleção e prefácio: Leodegário A. De Azevedo Filho

  • Autor: Cecília Meireles
  • Capa comum: 384 páginas
  • Editora: Global Editora; 1ª edição (1 janeiro 2003)

Finalizamos a nossa lista de livros de crônicas com uma publicação de Cecília Meireles, considerada uma das maiores poetas dos últimos tempos.

Muitas pessoas desconhecem o lado da escritora que se dedicou às crônicas. Por isso, esse é um livro que vale a pena ser explorado.

A autora consegue o tempo todo expor as suas ideias de maneira suave, lírica, persuasiva, insinuante, sem deixar de lado o seu lado como poeta.

Esse é um dos melhores livros de crônicas, que traz esse tipo de leitura de uma maneira diferenciada, em que ela consegue expor os problemas do mundo e da humanidade de maneira interessante e leve.

Conclusão

Os livros de crônicas são ótimos para quem deseja relaxar e ao mesmo tempo ler algo que tenha qualidade e que carregue alguns valores.

Neles os cronistas expõem os seus pontos de vista e, acabam impondo ao leitor as suas próprias opiniões sobre diversos assuntos.

Por isso costuma-se dizer que esse estilo permeia entre o jornalismo e a literatura, levando ao leitor várias informações e opiniões por meio de uma linguagem simples.

Então, agora que você já sabe quais são os melhores livros de crônicas do momento, chegou a hora de escolher o seu favorito e começar a explorar esse gênero literário.

Sobre o Autor: Fernanda Campos de Medeiros

Bióloga mestre em biotecnologia e apaixonada pelas ciências médicas. Apesar da formação também ama ler e escrever sobre temas variados e por isso trabalha há mais de dois anos como redatora.

Deixe um comentário